Saúde

Qual a importância da vitamina K e onde ela pode ser encontrada?

Escrito por Rodrigo Fávaro

Assim como outros nutrientes, a vitamina K é um combustível para o bom funcionamento do organismo. Por não ser a mais conhecida entre as vitaminas que o corpo necessita, é comum que não seja dada a devida atenção a ela.

Apesar disso, ela desempenha um papel bastante importante e, por isso, é essencial mantê-la sempre em bons níveis. Com isso em mente, o post a seguir mostra tudo sobre esse nutriente tão indispensável e responsável por trazer inúmeros benefícios à saúde. Continue a leitura e acompanhe!

Por que a vitamina K é tão importante?

A vitamina K cuida do corpo humano de dentro para fora. Ela atua em diferentes setores do organismo e desempenha funções importantes, que trazem benefícios que vão desde a saúde óssea até a cardíaca. Veja!

Permite a coagulação sanguínea

Para que o sangue coagule, é necessário que determinadas proteínas se transformem nas substâncias capazes de promover esse processo. A vitamina K é o nutriente responsável por essa conversão. Assim, ferimentos cicatrizam mais depressa e sangramentos são estancados mais rapidamente (por isso, essa vitamina é chamada de anti-hemorrágica).

Beneficia dentes e gengivas

Associada a outros minerais, a vitamina K combate bactérias que destroem o esmalte dental — e, consequentemente, cáries e doenças gengivais são prevenidas. 

Contribui para a fortificação do sistema ósseo

Esse nutriente ajuda na fixação do cálcio e, por isso, mantém os ossos bem formados, compactos e homogêneos, além de aumentar a densidade óssea. Assim, é aliado, principalmente, de mulheres que estão na menopausa — já que nesse período pode haver perda óssea e desenvolvimento de osteoporose, que aumentam o risco de fraturas.

Favorece as artérias do coração

A vitamina K evita que ocorra a calcificação das artérias cardíacas, ou seja, o acúmulo de cálcio nessa região. Ela retira esse mineral do local e impede a formação de placas duras, o que, por consequência, prevene ataques cardíacos.

Qual quantidade deve ser ingerida?

A quantidade ideal para ingestão diária varia de acordo com cada indivíduo e depende de como está o nível do nutriente no organismo. Em geral, para adultos, o recomendado é ingerir 25mg por dia (para mulheres que estão amamentando, recomendam-se 10mg). 

Quais são os prejuízos por deficiência ou excesso de vitamina K?

O ideal é sempre manter o equilíbrio dos níveis desse nutriente. O consumo excessivo, ainda que raro de ser ocasionado quando a única fonte de ingestão é a alimentação, pode causar coagulação sanguínea e a partir daí, trombose. 

Em contrapartida, a deficiência de vitamina K pode trazer problemas como hemorragias, presença de hematomas pelo corpo e fraqueza óssea.

Onde a vitamina K pode ser encontrada?

Ela está, principalmente, em vegetais verdes, como brócolis, espinafre, repolho e alface. No entanto, a alimentação não é a única maneira de ingeri-la: é possível fazer o consumo por meio de cápsulas e comprimidos quando há necessidade de tratamento (mas ele deve ser feito com orientação médica).

Agora que você já sabe a importância da vitamina K para a saúde, que tal encontrar suplementos e medicamentos de qualidade? Entre em contato através de nosso Delivery (17)33430677 ou Whatsapp (17)98159-1586

banner omega 3Powered by Rock Convert

Sobre o autor

Rodrigo Fávaro

Administrador de empresas com pós-graduação em Matemática Financeira e MBA de Gestão do Varejo Farmacêutico (CPDEC).

Cerca de 8 anos atrás, fui diagnosticado com uma doença autoimune, chamada Doença de Chron, a partir deste dia vi o quanto é importante ter nossa saúde em dia.
Isso foi o gatilho para meu maior propósito: Ajudar outras pessoas a cuidarem de sua Saúde e Qualidade de vida.

Deixar comentário.

Share This