Saúde

Quais são as principais dores musculares dos brasileiros? Veja aqui!

mulher com dores na costa
Escrito por Rodrigo Fávaro
vitaone cabelos e unhasPowered by Rock Convert

Quando as dores musculares aparecem, a maioria das pessoas apenas toma um remédio e se esquece do problema. Entretanto, essas situações podem ser recorrentes, principalmente quando o medicamento usado não é o ideal para tratar sua dor.

Os incômodos então relacionados a diversos fatores, tais como a tensão do dia a dia, o estresse ou, até mesmo, lesões musculares mais graves causadas pela prática de exercícios. Essas dores podem indicar a presença de fibromialgia e podem estender-se aos ligamentos e tendões.

Se você sente dores constantes, saiba que não está sozinho nessa. Existem alguns problemas que são muito comuns aqui no Brasil. Para descobrir quais são eles, é só continuar a leitura!

Dores musculares abdominais

Normalmente provocadas por cólicas intestinais, os incômodos abdominais não costumam ser graves. Eles estão comumente associados a intoxicações alimentares, ansiedade, gases, estresse ou ingestão excessiva de gordura.

Porém, se a dor for recorrente, é aconselhável procurar um médico. Isso porque você pode estar sofrendo com úlceras, gastrite, pedra nos rins ou na vesícula ou, até mesmo, hepatite aguda. Todas essas enfermidades são mais graves e requerem tratamento específico.

Dores nas articulações

Existe um mito de que as dores nas articulações estão relacionadas com a idade avançada. De fato, os mais idosos e aqueles com excesso de peso tendem a sofrer mais com esses problemas. Contudo, essas dores não se limitam a esse grupo de pessoas.

Além dos músculos, os incômodos nas articulações podem atingir, em casos mais graves, tendões e ligamentos. Essas dores estão, muitas vezes, relacionadas a esforços musculares prolongados e repetitivos e a lesões oriundas das práticas esportivas.

supracorp mulherPowered by Rock Convert

Dores nas costas

Aquelas “fincadas” que aparecem na região lombar, entre a cintura e o cóccix, são o terror de muita gente. Pois saiba que elas podem ser resultado da tensão pela qual o indivíduo está passando, pelas atividades ou carregamento excessivo de peso, pela falta de ergonomia no ambiente de trabalho ou por uma lesão muscular.

Quando as dores não são tratadas corretamente, elas podem tornar-se crônicas. O processo de cura a curto prazo passa por remédios para a dor, anti-inflamatórios e relaxantes musculares.

Dores nos ombros

Com um dia a dia tão corrido e cheio de prazos a serem cumpridos, é quase impossível encontrar alguém que nunca tenha sofrido com as dores nos ombros. Isso porque esses problemas estão ligados ao estresse diário e à tensão.

Além disso, é preciso ficar atento aos esforços físicos prolongados, movimentos desajustados ou em excesso e, principalmente, quando houver casos na família, a doenças degenerativas.

Dores nas pernas

Podendo atingir tanto homens quanto mulheres de qualquer idade, as dores nas pernas são muito comuns na população brasileira. Os desconfortos estão relacionados com cansaço muscular ou problemas na circulação do sangue, como é o caso das varizes.

Os problemas nas articulações ou alterações na coluna, como a hérnia de disco, também são possíveis causas. Como as pernas sustentam o peso do nosso corpo, é indispensável procurar tratamento assim que as dores aparecerem, pois a situação pode se agravar e comprometer a qualidade de vida do indivíduo.

De forma geral, o tratamento de dores musculares vai depender da causa e, também, das condições de saúde do paciente. É indispensável procurar orientação médica para que a administração de remédios seja correta.

A prevenção é muito importante para evitar que as dores musculares atrapalhem a realização de atividades básicas, bem como a habilidade de cuidar da família. Se você é mãe e concorda com isso, confira nosso artigo sobre como prevenir e tratar as dores nas costas.

inalador ultrassônico respiramaxPowered by Rock Convert

Sobre o autor

Rodrigo Fávaro

Administrador de empresas com pós-graduação em Matemática Financeira e MBA de Gestão do Varejo Farmacêutico (CPDEC).

Cerca de 8 anos atrás, fui diagnosticado com uma doença autoimune, chamada Doença de Chron, a partir deste dia vi o quanto é importante ter nossa saúde em dia.
Isso foi o gatilho para meu maior propósito: Ajudar outras pessoas a cuidarem de sua Saúde e Qualidade de vida.

Deixar comentário.

Share This