Alimentação

O que são alimentos funcionais e como podem ajudar a emagrecer?

alimentos funcionais
Escrito por Rodrigo Fávaro
Testosteron MaxPowered by Rock Convert

Você sabe o que são alimentos funcionais? Muito tem se falado no assunto, mas a maioria das pessoas não conhece esse conceito e sequer entende a importância de inseri-los em sua dieta. Os alimentos funcionais são aqueles que oferecem benefícios além das funções nutricionais básicas. Eles produzem efeitos metabólicos que ajudam a diminuir os riscos de algumas doenças crônicas.

Entre os principais alimentos que são classificados como funcionais, podemos citar cereais integrais, uva, tomate, soja e derivados, brócolis, couve-flor, linhaça, leite fermentado, hortaliças com talo etc.

Os alimentos funcionais também são grandes aliados na ação do emagrecimento. Quer saber como eles podem ajudar a perder peso? Continue a leitura deste artigo, pois vamos explicar como esses alimentos agem no organismo para proporcionar esse benefício!

Aceleram o metabolismo do corpo

Os alimentos funcionais ajudam a acelerar o metabolismo do corpo e, consequentemente, a queima de gordura. As proteínas, por exemplo, embora não sejam de fácil digestão, demandam que o organismo se esforce mais para quebrar os aminoácidos, o que promove a queima diária de calorias.

Inserir esses alimentos na sua rotina obrigará o seu organismo a gastar mais energia, fazendo com que a perda de peso ocorra mais facilmente. É claro que, para que os resultados sejam mais duradouros, a prática de atividades físicas precisa ser uma aliada.

Apresentam propriedades benéficas para o corpo

As propriedades presentes nos alimentos funcionais são extremamente benéficas para o organismo. O seu consumo diário melhora o bem-estar físico do indivíduo e auxilia na prevenção de diversas doenças, como problemas cardiovasculares, intestinais e, até mesmo, alguns tipos de câncer. Além disso, ajuda a fortalecer o sistema imunológico.

Emagrecedor natural redullexPowered by Rock Convert

A linhaça, por exemplo, contém uma propriedade chamada de Lignana, a qual é responsável por inibir tumores de hormônios dependentes. Já os grãos integrais contêm fibras, que, além de melhorarem a saúde do intestino, auxiliam no controle do colesterol. Os leites fermentados, por sua vez, contêm os famosos lactobacilos vivos, os quais promovem uma melhora significativa aos quadros de intolerância à lactose.

Eliminam as toxinas

Os alimentos funcionais também agem na eliminação das toxinas que se acumulam no nosso organismo. Essas substâncias nocivas podem ser encontradas em corantes, aditivos, conservantes, adoçantes e, até mesmo, na poluição. Portanto, os alimentos funcionais ajudam a desintoxicar o seu corpo de maneira saudável e natural.

Sendo assim, use e abuse das frutas e dos grãos. Couve, berinjela, hortelã, salsão e mel também não podem ficar de fora do seu cardápio. Além de auxiliarem na eliminação das toxinas, esses alimentos ajudam na boa manutenção da flora intestinal.

Depois de conhecer todos esses benefícios, ficou mais interessante inserir os alimentos funcionais no seu cardápio, não é mesmo? Com o passar do tempo, você perceberá uma melhora não apenas na sua saúde, mas também na sua qualidade de vida. A disposição e a autoestima sempre estão presentes no seu dia a dia.

Agora que você já sabe o que são alimentos funcionais, é possível começar a preparar as mudanças de hábitos quanto antes. Sua saúde e seu bem-estar agradecem!

Quer ter acesso a mais conteúdos que ajudam a melhorar a sua qualidade de vida? Então, assine agora a nossa newsletter e receba nossos conteúdos em primeira mão!

Ossodex fonte de cálcioPowered by Rock Convert

Sobre o autor

Rodrigo Fávaro

Administrador de empresas com pós-graduação em Matemática Financeira e MBA de Gestão do Varejo Farmacêutico (CPDEC).

Cerca de 8 anos atrás, fui diagnosticado com uma doença autoimune, chamada Doença de Chron, a partir deste dia vi o quanto é importante ter nossa saúde em dia.
Isso foi o gatilho para meu maior propósito: Ajudar outras pessoas a cuidarem de sua Saúde e Qualidade de vida.

Deixar comentário.

Share This