Saúde

Novembro Azul: celebre o mês da prevenção masculina!

Novembro Azul
Escrito por Rodrigo Fávaro

 

Depois do sucesso do Outubro Rosa, é hora de voltar a atenção para outro tipo de doença muito perigosa: o câncer de próstata. Assim como o câncer de mama, também existe um mês dedicado só para a conscientização e prevenção dessa doença. Estamos falando do Novembro Azul.

Embora a campanha tenha surgido em 1999, ela só se tornou popular em nosso país e foi inserido no calendário nacional após uma parceria entre o Instituto Lado a Lado pela Vida e a Sociedade Brasileira de Urologia.

Vamos entender um pouco mais sobre o Novembro Azul e a importância da prevenção do câncer de próstata? Lembre-se que a informação pode salvar vidas!

Como surgiu o Novembro Azul?

Surgiu em um Pub na Austrália, em 1999. O grupo de amigos que teve a ideia da campanha decidiu deixar o bigode crescer durante todo o mês para arrecadar fundos para as instituições de caridade. Atualmente, alguns lugares adotam o “novembro sem se barbear” em homenagem à campanha.

Enquanto no Brasil é chamado de Novembro Azul, no exterior é conhecido por November – Moustache + November (Bigode + Novembro). O mês foi escolhido por causa do dia 17, que comemora o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata.

O que é o câncer de próstata?

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino que fica abaixo da bexiga. Sua principal função é produzir o esperma. Quando as células desse órgão começam a se multiplicar de forma desordenada, surge o câncer.

É o tipo mais comum da doença entre os homens e o sexto que mais mata no mundo. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), um homem morre a cada 38 minutos por causa da doença.

Quais são os principais sintomas?

É um câncer silencioso, pois não apresenta sintomas. Quando aparecem, a doença já está na fase avançada. Isso dificulta muito a cura. Os principais indicativos são: dor nos ossos e ao urinar, vontade de urinar com frequência, presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

Homens que têm histórico familiar de câncer de próstata estão no grupo de risco. Além disso, a obesidade e a raça também podem ser determinantes. No último caso, destaca-se que homens negros sofrem maior incidência deste tipo de câncer.

Como prevenir essa doença?

Não existe uma forma de se tornar inume. A chance para sobreviver à doença é por meio do diagnóstico precoce, que só pode ser obtido com o exame de toque e exames de sangue. O tratamento para quem descobre o câncer no estágio inicial é bem menos invasivo.

Homens acima de 50 anos devem realizar o exame anualmente, assim como aqueles de 45 anos com histórico de doença na família. Embora não tenha como se tornar imune, é possível diminuir os riscos da doença por meio da atividade física, controle de peso, alimentação e hábitos saudáveis.

A causa é tão nobre que várias celebridades ajudam na divulgação da campanha. Entretanto, a prevenção dessa doença é um pouco mais complicada, pois envolve muito preconceito em relação ao exame.

Certamente você conhece pessoas que estão nesse grupo de risco do câncer de próstata, não é verdade? Então, compartilhe este post em suas redes sociais e ajude a divulgar o Novembro Azul!

 

ômega 3

Sobre o autor

Rodrigo Fávaro

Administrador de empresas com pós-graduação em Matemática Financeira e MBA de Gestão do Varejo Farmacêutico (CPDEC).

Cerca de 8 anos atrás, fui diagnosticado com uma doença autoimune, chamada Doença de Chron, a partir deste dia vi o quanto é importante ter nossa saúde em dia.
Isso foi o gatilho para meu maior propósito: Ajudar outras pessoas a cuidarem de sua Saúde e Qualidade de vida.

Deixar comentário.

Share This