Qualidade de Vida

Fralda geriátrica: saiba como escolher o modelo ideal

fralda geriatrica
Escrito por Rodrigo Fávaro

 

Para lidar com a incontinência urinária ou fecal que pode surgir em função de determinadas doenças ou com o avanço da idade, a saída é utilizar fralda geriátrica. Para comprar corretamente o produto, é necessário atentar-se a algumas questões.

Os modelos têm indicações diferentes, assim como qualidades distintas. Para proporcionar conforto, segurança e evitar constrangimentos, é importante conhecer essas variações.

Se você quer escolher uma boa fralda e garantir a qualidade de vida para uma pessoa querida diante de uma debilitação, continue a leitura deste post. Temos ótimas dicas para você acertar na compra!

Atente aos tamanhos das fraldas

Assim como as fraldas infantis, as geriátricas também têm variação de tamanho. Elas podem variar desde o tamanho P até o Extra Grande, e é preciso ficar ainda mais atento às embalagens de cada marca, pois as medidas podem ser distintas.

Sendo assim, não deixe de conferir a medida da cintura e o peso do idoso. O conforto, a mobilidade do usuário e a facilidade na hora de fazer a troca das fraldas dependem da escolha certa.

Entenda os modelos de fralda geriátrica

São muitos os modelos encontrados no mercado, sendo que cada um é específico para uma situação. A fralda ideal para uma pessoa com pouco fluxo e com necessidade de locomoção não é a mesma que aquela indicada para uma pessoa acamada, por exemplo.

As embalagens oferecem boa orientação ao comprador. É preciso entender o organismo do usuário para tomar a melhor decisão e observar a capacidade e velocidade de absorção, o preço, a facilidade de troca, a cobertura externa e o controle de odor do produto.

Prefira as fraldas hipoalergênicas

A alergia é um problema muito comum entre as pessoas que utilizam fraldas geriátricas. Se a pele do idoso — que fica mais frágil e ressecada com a idade — não for bem cuidada, a alergia pode se desenvolver para uma dermatite.

Quando se trata da saúde dos idosos, doentes, acidentados e demais usuários, a atenção deve ser redobrada. O produto pode gerar problemas quando a limpeza não é realizada corretamente, causando ainda mais transtornos.

Opte pela marca mais ecológica

As fraldas são grandes responsáveis pelo acúmulo de lixo no planeta. Qualquer ação nossa contribui para preservar o ambiente e diminuir o volume de resíduos, então é possível aliar sustentabilidade e conforto.

Mesmo que não seja possível usar as fraldas reutilizáveis — por comodidade ou por falta de tempo —, é possível agir de forma a minimizar os danos ao meio ambiente. Observe na embalagem qual produto é mais sustentável e dê preferência às marcas mais responsáveis.

Avalie a capacidade de absorção

Sabe por que a absorção é tão importante? Ela evita que a urina ou as fezes fiquem em contato com a pele da pessoa por muito tempo. Além disso, ajuda a prevenir assaduras, dermatites e alergias.

Esse tipo de fralda é ideal para o uso noturno, mas quando a frequência de evacuações é muito grande, é necessário optar pelas fraldas com dupla camada de gel superabsorvente. Embora sejam mais caras do que as demais, elas proporcionam melhor qualidade de vida e conforto para o usuário.

Embora essas dicas possibilitem uma boa escolha, é preciso ficar atento à reação do usuário em relação à fralda. Como cada pele tem sua particularidade, podendo ser mais ou menos sensível, ela pode aceitar melhor uma marca do que a outra.

Além de escolher o tipo de fralda geriátrica ideal, é preciso saber onde encontrar esses produtos. Farmácias conceituadas geralmente oferecem uma gama de opções de produtos para os cuidados pessoais.

Aprendeu como escolher a fralda geriátrica? Para ficar por dentro de mais informações importantes como essas, curta nossa página no Facebook. Temos vários artigos que contribuem para melhorar a sua saúde e a da sua família!

 

pomada canela de velho

Sobre o autor

Rodrigo Fávaro

Administrador de empresas com pós-graduação em Matemática Financeira e MBA de Gestão do Varejo Farmacêutico (CPDEC).

Cerca de 8 anos atrás, fui diagnosticado com uma doença autoimune, chamada Doença de Chron, a partir deste dia vi o quanto é importante ter nossa saúde em dia.
Isso foi o gatilho para meu maior propósito: Ajudar outras pessoas a cuidarem de sua Saúde e Qualidade de vida.

Deixar comentário.

Share This