Saúde

Descubra qual o protetor solar ideal para a sua pele

mulher alisando a pele
Escrito por Juliana Delgado

O protetor solar é um cosmético com grande importância para a saúde da pele. É impossível curtir a praia sem ele, apesar de o seu uso não se restringir a esses momentos. No dia a dia eles também são indispensáveis.

Cada pele tem uma necessidade específica em relação à proteção do sol e às condições de hidratação. Por conta disso, os protetores são divididos em fatores. Quanto mais alto, maior é o combate aos efeitos nocivos do sol em excesso e também à radiação ultravioleta (UV).

Você sabe qual protetor solar é o ideal para a sua pele? Este post trará, a seguir, um guia simples e rápido que auxiliará na hora de comprar o seu. Confira!

Peles negras: FPS 30 é o ideal

A pele negra é totalmente pigmentada, o que naturalmente a protege das queimaduras de nível maior, as quais causam vermelhidão e sensação de ardência. Ainda assim, a preocupação com o protetor solar não pode ser esquecida, pois podem aparecer outros tipos de manchas. As com caraterísticas esbranquiçadas — por conta dos efeitos agressivos dos raios UV — são exemplos disso.

Durante muito tempo foi dito que para esse tipo de pele, o protetor com fator de proteção solar (FPS) 15 atendia bem todas às necessidades. Entretanto, as recomendações dermatológicas atuais propõem que a proteção mínima seja sempre o FPS 30. Essa é a escolha mais segura e apropriada.

Peles morenas: do FPS 30 até 60

Não tão resistentes quanto às peles negras e nem tão sensíveis quanto às brancas, a tonalidade morena é intermediária, mas precisa de mais cuidados, tendo em vista que nesse ela já sofre bastante com as queimaduras. A tendência natural é o bronzeamento, mas, sem a proteção adequada, a vermelhidão e a ardência podem aparecer.

Para evitar qualquer tipo de problema, pessoas com a pele morena devem procurar protetores solares com FPS de 30 até 60, considerando se a tonalidade varia para mais escura ou mais clara. Dessa forma, é possível escolher produto adequado. É recomendado que as pessoas que não têm o hábito de tomar sol constantemente usem o FPS 60.

Guia completo como acabar com as espinhas

Peles claras: a partir do FPS 50

A pele mais clara já necessita de maior precaução, pois ela está muito propensa às queimaduras e a fortes sensações de incômodo. Especialmente as pessoas que possuem essa tonalidade, devem se proteger rotineiramente — e não só em praias ou piscinas.

A tendência é que quem tem essa pele não consiga se bronzear e a exposição cause, naturalmente, a vermelhidão. Para evitar isso, a escolha do protetor solar deve partir do FPS 50, indo até o 60.

Nessa nuance, também é importante ter a preocupação em buscar os bloqueadores solares, já que eles possuem um efeito bem mais restritivo quanto às ações do sol na pele. Todo cuidado é pouco!

Peles muito claras: FPS 70 e consultas dermatológicas

Nesse tipo de pele, o cuidado deve ser o maior possível. Pessoas muito brancas e com sardas no rosto estão suscetíveis às queimaduras mais graves e a manchas que o sol pode causar. A partir do FPS 70 é o que a comunidade dermatológica indica, além da necessidade de usar os cremes bloqueadores.

A longo prazo, a exposição excessiva aos raios solares pode ter consequências mais graves, como o câncer de pele. É também recomendável que pessoas com essa condição visitem, regularmente, um dermatologista, já que ele pode auxiliar na escolha do produto mais adequado possível.

Doenças podem incidir, além dos incômodos e da questão estética. O sol é importantíssimo para a pele, mas deve ser aproveitado com moderação e com o uso do protetor solar!

Agora que você já sabe tudo sobre o assunto, que tal descobrir o melhor lugar para comprar produtos para a pele e para a saúde em geral? Entre em contato conosco para conheça um pouco mais dos nossos produtos!

banner omega 3Powered by Rock Convert

Sobre o autor

Juliana Delgado

Farmacêutica Farmácia Bigfort Bebedouro

Deixar comentário.

Share This