Alimentação

Alimentação saudável para crianças: descubra 5 truques

Mãe e filha na cozinha
Escrito por Rodrigo Fávaro

A hora das refeições pode ser um momento difícil para os pais que tentam introduzir alimentos saudáveis no prato dos pequenos.

Isso não é uma surpresa se considerarmos a grande oferta de produtos industrializados e da intensa propaganda de alimentos nada saudáveis voltados especialmente para o público infantojuvenil.

E é por isso que precisamos falar sobre alimentação saudável para crianças. Essa tarefa de acompanhar os hábitos alimentares dos filhos pode ser difícil no começo, mas os benefícios para a saúde e bem-estar adquiridos nessa fase serão levados por toda a vida.

Nós vamos ajudar você a dar os primeiros passos, quer saber como? Confira nossas sugestões de truques que vão ajudar o seu filho a comer melhor.

1.Leve as crianças para a cozinha

Você sabe que a melhor forma de chamar a atenção de uma criança é oferecer a ela diversão.

Esse truque também pode ser utilizado na alimentação saudável uma vez que você pode convidar seu filho a participar do preparo dos pratos.

O momento de descontração em família desperta a curiosidade das crianças, deixando-as mais dispostas a experimentar os alimentos que ajudaram a preparar.

Além disso, elas passam a estabelecer uma relação de prazer e cuidado com aquilo que comem.

2. Crie versões saudáveis dos pratos

Se seu filho tem o paladar viciado em junk food, o processo de reeducação alimentar não pode ser realizado de modo repentino.

Caso contrário, a criança pode rejeitar novos alimentos apresentados e simplesmente se recusar a comer até que você ceda novamente aos produtos industrializados de sempre.

A solução é apresentar a ela versões mais saudáveis dos seus pratos preferidos.

Quer um exemplo? Substitua a batata frita cheia de gordura hidrogenada por uma versão feita em casa. Corte a batata em tiras, regue com azeite e leve para assar em forno quente por aproximadamente 40 minutos.

 

Conheça nosso Guia de cuidados durante a gravidez para mães de primeira viagem

 

3. Diversifique a oferta de alimentos

Se seu filho disser que não gosta de um alimento que nunca provou, proponha que ele experimente um pequeno pedaço. Se ele não gostar, não force.

Depois de um tempo, ofereça novamente o alimento preparado de outra forma. Tente até 5 vezes.

Pensar em alimentação saudável para crianças é pensar em diversidade de alimentos. Se seu filho não gosta de abóbora, por exemplo, nada de insistir. Em vez disso, troque por outros alimentos que também são fonte de vitamina A e veja se ele gosta.

Nesse caso, os substitutos da abóbora são aqueles de cor amarela ou laranja, como o mamão e a cenoura.

4. Capriche na apresentação da comida

Crianças são imediatamente atraídas por formas e cores e um prato colorido é uma excelente oportunidade para você apresentar novos alimentos para seu filho.

Um espetinho de frutas pode ser mais atraente que as frutas em uma tigela, assim como a salada incrementada com croutons, manga e frango desfiado. Ovos de codorna e mini legumes também despertam a curiosidade dos pequenos.

Monte um prato com diferentes texturas e cores, sempre com porções pequenas para que a criança consiga experimentar um pouco de cada coisa.

E isso vale para a apresentação de um mesmo alimento. Um dia você pode oferecê-lo cru, no outro cozido, em bolinhos ou ralado. Pode ser que ele não goste de um determinado tipo de preparo e não necessariamente desgoste do alimento.

5. Deixe os alimentos saudáveis sempre à mão

Manter os alimentos saudáveis em lugares acessíveis é uma ótima maneira de estimular o consumo no momento em que a criança correr à cozinha para matar a fome.

A dica é deixar as frutas expostas, ou se for o caso, prontas para o consumo lavadas e picadas.

Com essas medidas, aos poucos você vai ver que seus filhos vão vencer a resistência dos novos alimentos, passando a cultivar bons hábitos alimentares.

Conhece algum truque que não apresentamos no artigo? Conte aqui nos comentários quais são suas estratégias para garantir a alimentação saudável para crianças!

banner cimed whey proteinPowered by Rock Convert

Sobre o autor

Rodrigo Fávaro

Administrador de empresas com pós-graduação em Matemática Financeira e MBA de Gestão do Varejo Farmacêutico (CPDEC).

Cerca de 8 anos atrás, fui diagnosticado com uma doença autoimune, chamada Doença de Chron, a partir deste dia vi o quanto é importante ter nossa saúde em dia.
Isso foi o gatilho para meu maior propósito: Ajudar outras pessoas a cuidarem de sua Saúde e Qualidade de vida.

Deixar comentário.

Share This