Saúde

4 sinais que indicam que você deve procurar um urologista

Urologista
Escrito por Rodrigo Fávaro
vitaone cabelos e unhasPowered by Rock Convert
Saber quando procurar um urologista é algo essencial para manter em dia a saúde do homem, bem como evitar complicações. Esse cuidado deve ser tomado anualmente a partir dos 50 anos, ou um pouco antes, em caso de histórico familiar de doenças, como câncer de próstata.

No entanto, a ida a esse tipo de consulta também pode ser necessária antes dessa idade, na situação de sintomas incomuns e sinais de doenças relacionadas ao sistema reprodutor masculino e trato urinário de ambos os sexos, ao contrário do que muita gente imagina.

Esse cuidado é essencial, visto que um simples exame ou uma conversa com um médico contribui para a detecção de doenças e, consequentemente, a realização de um tratamento adequado que aumentará a sua qualidade de vida. Quer saber quais são os sete sintomas que indicam essa necessidade de consultar um urologista? Continue acompanhando a leitura!

Quando procurar um urologista

1. Dores na região

A dor é um sintoma bastante comum nas mais diversas doenças. Ela indica que algo no seu corpo não vai bem, que há algum tipo de inflamação, machucado ou outro problema relacionado à área em que esse sinal está afetando.

A dor pode ocorrer no pênis e nos testículos ou, até mesmo, surgir ao urinar e ejacular. Cada tipo de dor pode indicar diferentes problemas que vão desde câncer de próstata, traumas na região, doenças sexualmente transmissíveis, entre outros.

2. Odores desagradáveis

Os odores incomuns ou desagradáveis podem surgir principalmente devido à má higienização do pênis no dia a dia, um problema mais comum nos homens não circuncidados, pois a parte do prepúcio é capaz de reter, com facilidade, bactérias e sujeiras.

Contudo, se mesmo após uma higiene completa o odor persistir, é importante procurar um médico urologista para investigar as causas desse problema, uma vez que pode indicar inflamações decorrentes de bactérias ou fungos, DSTs e outros.

3. Manchas no pênis e na bolsa escrotal

Esses sinais indicam doenças como lesões e infecções por fungos, bactérias e vírus. Por isso, ao notar manchas no pênis e na bolsa escrotal com duração de mais de 48 horas após relações sexuais, busque um médico para que ele possa avaliar o seu caso de perto, além de solicitar exames importantes para o diagnóstico.

4. Presença de verrugas e feridas

Para manter a saúde do homem em dia, é preciso sempre estar atento a sintomas e alterações na região do pênis. Sinais como feridas e presença de rugas são bastante importantes e devem ser investigados o quanto antes.

Esses problemas frequentemente indicam a existência de alguma infecção ou doença sexualmente transmissível afetando a região. Lembrando-se de que os sinais se tornam ainda mais relevantes quando combinados com os abordados anteriormente.

5. Dores durante as relações sexuais

Não são só as mulheres que sentem dores durante as relações sexuais, isso pode acontecer com o homem também, quando algo não vai bem em seu aparelho reprodutor. Doenças sexualmente transmissíveis, como a herpes, a sífilis e o HPV, causam dores e ardência no pênis, que podem tornar-se ainda mais intensas durante o sexo.

6. Prolapso da bexiga e da uretra

O prolapso do assoalho pélvico é caracterizado pela perda da sustentação dos órgãos que o compõem, o que ocasiona uma série de sintomas, como incontinência urinária, dores, sensação de falsa vontade de urinar e, até mesmo, distúrbios intestinais.

7. Dor ao urinar

As dores ao urinar, assim como gotejamento ou diminuição do fluxo urina, intermitência urinário, sangramento, entre outros sintomas, podem ser sinais de problemas que vão desde uma inflamação ou infecção até lesões renais mais sérias e tumores.

Por isso,  na presença de um ou mais desses sintomas, não deixe de consultar um urologista o quanto antes. Lembrando-se de que certas doenças, quanto mais cedo forem diagnosticas, têm maiores chances de cura mais rápida.

Quais os riscos de não saber quando procurar um urologista?

Ainda existe muito preconceito e, até mesmo, vergonha quando se fala em consultar um urologista, especialmente para o homem. Porém, as consequências de não o fazer podem ser bem sérias e custar até a vida do paciente.

Lembrando-se de que, assim como as mulheres, não é preciso esperar os sintomas para ir ao médico. Principalmente após os 45 anos, é recomendado que se faça uma visita preventiva ao especialista, ao menos uma vez ao ano para verificar se está tudo bem.

Veja, nos tópicos a seguir, o que pode acontecer caso você opte por não ir ao urologista.

Complicação de doenças simples

Muitas doenças simples de serem tratadas, quando descobertas no começo, são assintomáticas e apresentam seus sinais de existência somente quando já estão complicadas o suficiente para exigir um tratamento mais agressivo.

Em outros casos, o paciente pode ignorar os sintomas ou achá-los normais por serem indolores, como é o caso das manchas, verrugas e redução do fluxo urinário, por exemplo, e, por isso, não procurar o médico.

Não dar atenção a esses sintomas pode trazer consequências graves que vão desde a impotência sexual até a necessidade de intervenção cirúrgica.

Desenvolvimento do câncer de próstata

O câncer de próstata pode ser o progresso silencioso de outras doenças que têm o tratamento mais fácil, como a hiperplasia benigna, que ocorre quando há um crescimento na próstata, ou ainda, uma prostatite, inflamação facilmente tratada com a medicação apropriada.

Nesses casos, em que a doença inicial não tem sintomas significativos a ponto de serem notados pelo paciente, é fundamental que sejam feitos exames periódicos de rotina capazes de identificá-las antes que se tornem o tão temido câncer de próstata que, segundo o Ministério da Saúde, teve só em 2018, mais de 68 mil vítimas, sendo 15 mil delas, fatais.

Sendo assim, em caso de qualquer sintoma incomum e que cause incômodo nas regiões do trato urinário e do sistema reprodutor, não hesite em procurar um urologista para verificar o problema. Dessa forma, é possível fazer um diagnóstico e tratamento, a fim de levar uma vida mais tranquila, garantir bem-estar e manter sua saúde em dia.

Gostou de saber um pouco mais sobre quando procurar um urologista? Então, se ficou alguma dúvida ou quer acrescentar algo sobre o assunto, deixe seu comentário no post e ficaremos muito felizes em responder!

 
supracorp mulherPowered by Rock Convert
inalador ultrassônico respiramaxPowered by Rock Convert

Sobre o autor

Rodrigo Fávaro

Administrador de empresas com pós-graduação em Matemática Financeira e MBA de Gestão do Varejo Farmacêutico (CPDEC).

Cerca de 8 anos atrás, fui diagnosticado com uma doença autoimune, chamada Doença de Chron, a partir deste dia vi o quanto é importante ter nossa saúde em dia.
Isso foi o gatilho para meu maior propósito: Ajudar outras pessoas a cuidarem de sua Saúde e Qualidade de vida.

Deixar comentário.

Share This